Projetos

Ambiente Web para produção colaborativa de projetos:

  • WebDAV;
  • HTTPS;
  • Controle de acesso;
  • Controle de versão distribuída com Git;
  • Endereço padronizado: https://tele.sj.ifsc.edu.br/projetos/NOME_DO_PROJETO.
  • Liberação de código-fonte final sob licença CreativeCommons.

Para o professor: há uma interface Web para visualizar todos os projetos em andamento e, caso queira criar um projeto, pode falar diretamente com a COINF.

Para o acesso remoto: o Git é uma ferramenta criada para o ambiente GNU/Linux. Assim, os passos abaixo explicam como interagir com o repositório Git remoto usando esse sistema operacional:

  1. Crie o arquivo ~/.netrc, para identificar o servidor e valores de autenticação. Um arquivo de exemplo está disponível, configure-o de acordo com o seu cenário.
  2. Crie o arquivo ~/.gitconfig, com os valores que serão usados no controle de versão descentralizado do Git. Também, um arquivo de exemplo.
  3. Descarregue a primeira versão do repositório, com o comando: git clone https://tele.sj.ifsc.edu.br/projetos/NOME_DO_PROJETO. Como os projetos iniciam sem qualquer arquivo, pode ignorar o alerta: “warning: You appear to have cloned an empty repository.”
  4. Uma vez clonado o repositório remoto para local, pode-se adicionar arquivos (git add <arquivo>), modificá-los e registrar as mudanças localmente com: git commit -a -m “<mensagem>”.
  5. Por último, pode-se ainda sincronizar novamente os repositórios, local e remoto, com: git push origin master – apenas na primeira vez, para criar o branch master remoto; nas demais git push –tags é suficiente.

Os projetos pode ser inclusive de trabalhos em LaTeX, cujos modelos estão disponíveis para:

  • Alunos: modelos de pré-projeto e monografia (projeto de conclusão de curso). Acompanha o arquivo de projeto para Kile.
  • Professores (restrito): modelos de apresentação (beamer), nota de aula, plano de ensino e prova.

Uma vez o processo em operação, será possível acompanhar a evolução do projeto (alterações dos arquivos e seus autores) com programas como gitk, gitg, git-cola ou mesmo o gource:

Referências:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *